Cavalier King Charles Spaniel - contem as vossas experiências! | A Nossa Vida

Cavalier King Charles Spaniel - contem as vossas experiências!

Retrato de liliana_gaio
11.09.2011 | 23:32
liliana_gaio:
Membro desde: 25.03.2011

Por sugestão de uma menina aqui ao lado, abri o tópico.

Estou apaixonadíssima pela raça, mas a verdade é que não tenho contacto directo com ela.

Gostariam que contassem as vossas experiências (boas e más) com os cães desta raça, para conhecer um pouco melhor.

Anexos: 

Retrato de Fjord
Qui, 26/01/2012 - 19:09
Fjord:
Membro desde: 05.10.2011

Olá Liliana. Se realmente decidir adquirir um CKCS, escolha com muito cuidado o criador do seu cão. São animais que podem sofrer de doenças hereditárias extremamente graves, como siringomielia e regurgitação mitral, que comprometem em muito a qualidade de vida do animal. Peça sempre para ver o despiste das doenças nos pais (das referidas e outras, tem de estudar essa parte), um criador decente vai falar-lhe delas.

Não vá pelas cruzas caseiras que vê na net, numa raça tão atingida por doenças como esta, as cruzas têm de ser bem pensadas e feitas por quem sabe. Animais aparentemente saudáveis podem estar doentes, não se fie na aparência.

Retrato de Fjord
Qui, 26/01/2012 - 19:11
Fjord:
Membro desde: 05.10.2011

Agora vi a mensagem da outra user, deduzo que já tenha comprado um cachorro. Espero que tenha feito uma boa escolha, vou manter o post acima como informação. Wink

Retrato de fcoucelo
Sex, 27/01/2012 - 16:28
fcoucelo:
Membro desde: 26.01.2012

Olá Liliana,

Devo informar que esta raça é um espetaculo.

A minha irmã adolescente sofria ataques de panico devido á perda do nosso Pai e decidi arranjar-lhe um Cavalier no criador, Quinta da Bicharada

Semanas após receber o Yoko a minha irmã deixou de ter ataques de panico e quando ela chorava, também chorava o Cavalier.

Nunca vi uma raça tão afectiva ao dono.

Por este motivo, vou passado 1 ano, comprar uma Femea Bicolor Cavalier para mim.

A sua Amy é mesmo linda, foi busca-la a que criador? Já tem ninhadas da Amy?

Cumprimentos

Retrato de liliana_gaio
Sáb, 28/01/2012 - 00:10
liliana_gaio:
Membro desde: 25.03.2011

Fjord,
Sim, já cá está em casa há 4 meses.

Tive cuidado e procurei uma cadela de boas linhagens e sem cruzamentos dentro da família. Fugi, inclusivamente, da linha inglesa onde, pela consaguinidade, esses problemas surgem mais.

Tentei também garantir que os ascendentes também não tinham cruzado dentro da mesma família. E pelo LOP, consegui ver isso mesmo.

Os testes, também verifiquei isso, mas só são fiáveis em cães a partir dos 5 anos. Os pais eram mais novos e não tinham, mas os avós estavam todos bem e de perfeita saúde.

Liliana

Retrato de liliana_gaio
Sáb, 28/01/2012 - 00:52
liliana_gaio:
Membro desde: 25.03.2011

... aproveito para acrescentar aqui a minha experiência, agora que a tenho e que o post foi puxado para cima.

Os CAVALIER KING CHARLES SPANIEL são uma raça fantástica!!!

A Amy é um doce. Tem 6 meses e está cá em casa desde as 9 semanas.

É super inteligente e aprende as coisas muito rápido. Sabe: senta, deita, para baixo, não, dá a patinha, a outra patinha, rebola, dá + 5, toca, passa por baixo. Anda a aprendar o fica, o senta quando se abrem as portas ou quando anda de elevador. Já passa atrás de mim, pelas portas (ensinado sobretudo por segurança). Entra no carro (para o chão do pendura) senta-se e "fica", enquanto eu vou para o meu lugar. Viaja com arnês e cinto especial e normalmente dorme. Está a aprender a sentar e a aguardar sentada que eu abra a porta e que lhe dê autorização para sair do carro. Como aprendeu a andar de carro, posso leva-la comigo para imensos sítios.

Se fica no carro enquanto vou ao super rapidamente (estamos no inverno!) o mais certo é encontra-la já num dos bancos. Pronto, ainda tem algumas coisas para aprender. De qualquer forma eu evito, para que não me assaltem o carro para a levar!!!

Também tem muita personalidade e é um bocadinho mais teimosolas do que eu estava a contar, no entanto, é gaja!!! Há que entendê-la.

É dono-dependente. Eu que sempre fui muito independente ainda ando a aprender lidar com isso, porque esta cadela só está bem se estiver LITERALMENTE colada a nós. Nem que seja só por uma patinha. Eu ando pela casa e ela vem atrás. Agora, inclusivamente, anda lá na vidinha dela, a roer ossos (de pele prensada), eu levanto-me para ir ao wc, ela pega no osso dela e vem atrás. Volto para onde estava e se me esqueci de qlqr coisa e vou buscar, ela lá pega no osso dela e vem atrás. Nem que sejam só 5 segundos!!! Isso e se está muito ensonada para vir atrás, estica o pescoço!!!!

Como é pequenota (6 meses = 5Kg) tem 1 pouco de medo de cães maiores (como labradores) que querem brincar com ela mas não são lá muito delicados. Claramente que prefere pessoas a cães. Está a habituar-se.

Ainda assim apesar de saudar as pessoas, não dá confiança logo logo à primeira. (esta raça é por norma mais "dada" do que a minha cadela)

Pede colinho quando quer dormir (sim, eu ainda dou... mas logo corrijo isso) e acorda muito bem disposta e também muito mimosa. De reste não quer grandes colos e prefere brincar. E brincar ela consegue fazer durante muito tempo e de forma muito engraçada.

Todos os dias me rio com ela.

Não ladra, ou não ladrou durante muito tempo e desde Dezembro, que aprendeu que era dotada de "poder ladrar", mas como eu repreendo (vivo em apartamento) ela começa a ladrar mas corta. Fica tipo tosse! É muito engraçado.

Ladrar de livre e espontânea vontade, só em casa. Primeiro foram aos reflexos dos vidros, depois a outros cães na televisão. Entretanto já generalizou a TODO o reino animal. É engraçado que ladra a TODOS os animais na tv, mas não a pessoas. Inclusivamente a peixes (na tv)! Como é que ela sabe?!

Não ladra mas... escava. "Escava" a minha porta da cozinha quando quer sair de lá, ou para me dizer que fez xixi/cocó. E quando se alivia ela diz-me sempre, mas desde os primeiros dias que está cá em casa. Acho que é muito asseada e só quer que eu vá limpar...
Bem, mas isto do escavar tem que acabar. Ainda não me dediquei muito a isso, apenas pq prefiro ir limpar do que encontrar um mundo de sujidade, mas vai ter que ser em breve...

Quando eu saio de casa, dorme o tempo todo. Sei disso porque vejo que não movimentou os brinquedos. As minhas saídas grandes foram de 6h/7h. Sem qualquer problema. Dormiu o tempo todo, não se levanta para comer. De início fazia umas necessidades, mas agora nem isso e quando entro em casa ainda vem a sair da cama.

Comida,
um bocadinho chatinha. Niquenta. Eu invento qualquer coisa para adicionar e ela em pouco tempo se lembra que enjoou. Comeu lindamente até aos 5 meses, sempre granulado seco, e nessa altura começou a trocar os dentes!! Eu quando me apercebi, porque comia muito pouco, comecei a molhar a ração e daí a arranjar distracções para que comesse, foi um instantinho. De qualquer forma, pelo que li, o erro é meu. E eu já entrei na fase de "não queres comer, comes logo". Vamos ver se me aguento.

Até hoje só me estragou o fecho de um casaco polar e um tapete de cozinha que comprei por causa dela. E o casaco, foi por minha culpa, pq não ficou bem arrumado. Sempre que a apanhava com coisas erradas, substitui pelos brinquedos dela. Também não lhe deixo quase nada ao acesso de roer e estragar, pelo menos quando eu não estou a ver. E assim, o indíce de destruição foi muito pequeno.

Ainda não aprendeu a fazer na rua, porque faz em casa, no sítio dela. Recentemente substituí o resguardo por um tabuleiro com grelha, e se estava totalmente adaptada ao resguardo, pelo menos os xixis tem feito na grelha. De resto ainda está a adaptar-se, mas está quase. Nota: fez sempre no resguardo, desde o 2º dia que cá está. E guarda tudo da rua para vir fazer em casa. Quero que ela tenha a liberdade de fazer em casa no sítio dela, para quando estou mto tempo fora, mas tb gostava que se aliviasse na rua!!!

Ah! outra particularidade de "gaja" é que amuava!!! Nos primeiros dias a minha cadela amuava. Eu decidi que ela não ia ter esses apetites e quando amuava, eu passava-lhe um brinquedo pelo nariz, até que ela deixava de resistir!! Fomos 2 gajas a adaptar-nos uma à outra!!!

Nos primeiros dias, andei muito preocupada fosse durante a noite ou com o que comia, porque era muito muito pequenina (1,8kg) e eu não estava habituada a cães pequenos. Ainda assim, sempre dormiu na cozinha, de porta fechada. A seu tempo, poderá vaguear pela casa na minha ausência.

O pêlo... foi uma preocupação minha. É uma raça que não perde muito pêlo. Mas lá tem as suas mudas. Agora, aos 6 meses está a trocar o pelinho de bebé, para adulta e ISSO ESTÁ A DEIXAR-ME DOIDA!!!! (e de aspirador na mão todos os dias!) Mas vou curar-me, pq logo depois de ela ter o pelinho de adulto, CHEGA A PRIMAVERA!!!!!!!!!!
LOL
Mas a sério, não é uma raça que perca muito pêlo e nunca tinha dado por isso... até há coisa de 15 dias.

Tb de início, ela começava a ganir com gemidinhos, quando eu chegava a casa. Passei, como aconselham, a ignora-la uns minutos e ela perdeu essas manias. Agora dá muito muito ao rabiosque quando eu chego a casa. Ou quando chegamos as 2 a casa da minha mãe e ela vê a "avó". Por causa disto, chamo-lhe "shakira"!

E dá muitos, mas muitos beijinhos!!!

E pronto, aqui fica uma experiência com cavaliers.
(eu acrescento quando me lembrar!)

Liliana

Retrato de Fjord
Sáb, 28/01/2012 - 02:12
Fjord:
Membro desde: 05.10.2011

Fico muito feliz com o seu relato Smile

Felicidades para as duas!

Retrato de Panther
Sáb, 28/01/2012 - 14:17
Panther:
Membro desde: 24.12.2010

Liliana, os meus parabéns por ter procurado um bom criador Smile

Também gostei de ler o seu relato, no fundo as coisas que haverão para corrigir a própria Liliana tem noção disso, que é o mais importante Smile

Retrato de liliana_gaio
Seg, 30/01/2012 - 04:39
liliana_gaio:
Membro desde: 25.03.2011

Obrigada, meninas!

Liliana

Retrato de Alexandra Teibão
Dom, 13/04/2014 - 20:39
Alexandra Teibão:
Membro desde: 13.04.2014

Olá Liliana!
Sei que ja vai muito tempo desde as suas publicações sobre o cavalier king charles. Mas como estou rendida a esta raça e gostava mesmo de ter um, andava a pesquisar na internet quando encontrei as suas publicações.
Tenho visto várias pessoas a vender em sites como OLX, mas tenho sempre medo dessas criações. Vi que comprou a sua num criador, será que me podia recomendar?

Muito obrigada Smile

(tentei mandar msg privada, mas por ser nova utilizadora nao me deixam :s)

Retrato de liliana_gaio
Dom, 20/04/2014 - 19:14
liliana_gaio:
Membro desde: 25.03.2011

Olá.

É uma raça realmente fantástica.

Recomendo-lhe que não compre um cão destes no olx. É um cão essencialmente de companhia e como tal deve crescer em casa e não em canil, para se preparar para a função que terá e estar ambientado a ruídos domésticos e convivência em família.

Deve também visitar o criador SEMPRE e os cães devem parecer-lhe equilibrados e que tiveram toda a atenção do criador. Não vai encontrar certamente isto em cães de venda no olx. Ou pelo menos em cães a rondar os 350€, que já vi por lá.

Além disto, deve certificar-se que consegue investigar as linhas de sangue dos cães e para isto é fundamental o LOP (livro de origens português) onde pode fazer a pesquisa de várias gerações e procurar escolher os cães com a menor consaguinidade possível (sem cruzamentos entre pais/avos e netos, ou mesmo "tios" e primos). Isto garante-lhe uma maior diversidade genética e maior distância de problemas genéticos.

Escolha, de preferência um cão com pais testados para doenças (a minha cadela fez agora o teste principal, para despiste de problemas cardíacos).

É a minha raça de eleição para companhia. Se fizer todo o trabalho de casa não se vai arrepender. Tenho 1 outro post da altura da minha pesquisa, também pode veririficar os comentários lá.

Tenho informação de 1 ou 2 boas ninhadas de excelentes criadores em Blenheim (branco e castanho) e Tricolor que poderão estar disponíveis, se se confirmar a gravidez.

Vou mandar-lhe o contacto em privado.

Liliana