atques de pânico/depressão

2 respostas [Última]
mini10
Retrato de mini10
Offline
Desde: 03.03.2010

olá a todas..

Vou descrever um pouco do que se passa comigo, na esperança que alguém me ajude.
Vai fazer meio ano que fui para ao hospital devido a um ataque de pânico, que me foi diagnosticado pelo médico que me atendeu, pois antes disso, pensei que estava a ter um ataque cardíaco.
Pouco tempo depois tive um acidente de carro, não tive nada de grave, apenas dores no corpo, mas quando aconteceu fiquei com o corpo paralisado. Depois desse acontecimento fui novamente para ao hospital, fizeram um eletrocardiograma, tudo normal, mas levei comigo uma carta para o médico de família, para realizar mais um eletrocardiograma e um exame holter. O médico achou que não era nada e apenas me receitou o eletrocardiograma.
Desde o acidente tenho tido ataques de pânico quase todos os dias. Sinto que controlou a minha vida, ando mais stressada, com menos paciência e muito ansiosa. Sinto muita dificuldade em controlar estes ataques e duram cada vez mais tempo... Vivo num medo constante que possa ser outra coisa.
Já me disseram para ir a um psicólogo, a um psiquiatra, cardiologista etc...
Eu quero tratar este problema, mas não sei para onde me virar.
Se hei de ir primeiro a um psicólogo ou a um psiquiatra.
Alguém que me possa ajudar nesse sentido?

obrigada

esteresteves
Retrato de esteresteves
Offline
Desde: 09.06.2016
Ataques de pânico

Boa tarde, os ataques de pânico podem ser um autentico pesadelo e estragar a vida completa duma pessoa.
Por medo de ter ataques de pânico, existe pessoas que se isolam completamente e já não saem de casa.
Para não chegar a este ponto, tens que consultar urgentemente o teu medico de família que te encaminhará para o melhor especialista adequado para ti. faz confiança ao teu medico porque ele conhece-te.
Pelos menos, já sabes o acontecimento que provocou este teu estado. ja é um bom começo porque muitas pessoas desconhecem o que lhe provoca isto.
Tens que mudar os teus pensamentos para pensamentos positivos tal como:
« não é por ter tido um acidente que vou sempre ter acidentes. acontece a toda a gente,não quer dizer que eu seja má condutora, há tantos anos que conduzo, nunca me aconteceu tal coisa, não posso ter medo de viver a minha vida e ser feliz por caso dum acidente.....etc.»
Deixo-te um artigo para melhor compreederes o que são ataques de pânico:
http://www.portuguesesfelizes.com/2016/09/03/compr...
boa sorte!
cumprimentos

mihnaveap
Retrato de mihnaveap
Offline
Desde: 21.12.2016
O meu testemunho pode ser

O meu testemunho pode ser diferente mas os sintomas são idênticos e penso que posso ajudar apenas a contar a minha história em resumo.
No ano passado tive ataques de panico, por nada de especial (penso eu) mas ficava com o coração aceleradissimo, ficava com tonturas, parecia que ficava com falta de ar e tinha medo que me acontecesse algo de grave a qualquer momento. Talvez tenha tido influencia um ano de faculdade em que tive a fazer pressão sobre mim para acabar tudo a tempo... Aliás, quando chegava aos exames, tinha ataques de pânico também... Um dos exames até tive de sair mais cedo sem acabar o exame... E a cada ataque de panico, ia para o hospital, faziam-me os exames todos (porque diziam que não serviam os anteriores, uma vez que estava com os sintomas outra vez), desde electrocardiogramas, a ecocardiogramas, exames aos pulmões, exames de sangue. O resultado era sempre o mesmo: está tudo bem! E cada vez eu ficava mais aflita, receitavam-me calmantes, desde xanax a outras porcarias equivalentes... Cada vez andava mais com sono ... cada vez ficava mais triste e chorava com medo sempre que acontecia algo... Os sintomas não melhoravam nada que fosse significativo, alias, o sono só fazia com que os sintomas piorassem. Quanto muito, melhorava por uns dias e depois voltava os sintomas... Não eram constantes a toda hora, mas incomodativos o suficiente para se pensar em muitas doenças e fazer pesquisas na Internet (PROIBIDO!!!). Uma vez, a minha médica de família receitou-me um anti-depressivo (também trata os ataques de pânico inclusive), mas eu não queria! Não queria tomar este tipo de medicamento... Os médicos insistiam e eu não queria! Passou-se mais uns tempos, entre episódios semelhantes já relatados acima, fui parar ao hospital com uma crise mais acentuada... Levaram-me ao psiquiatra do hospital e ele disse: toma isto, e ficas bem! Tomei um anti-depressivo... A primeira semana foi dolorosa, os sintomas pioraram... A partir da segunda semana foi uma paz até hoje! Já estou a deixar o comprimido, o desmame não está a custar nada e estou de volta à minha paz interior! Portanto, se fizeste os exames não tenhas medo que não é nada de grave e confia nos médicos. Força!!!!
Sei que a minha razão (faculdade) pode não ser tão grave quanto um acidente de carro, mas como a situação seguinte é idêntica, achei que faria sentido contar o meu testemunho na esperança de poder ajudar alguém!

Muita força!!!

Opções de visualização dos comentários

As alterações efectuadas serão aplicadas a todos os tópicos.

Tópicos relacionados

Gostava de saber se alguem conhece a psiquatra Adelaide costa e o psiquiatra Lúcio Figueiredo. Se sim que acharam deles? conversam? Ou ouvem nos,...
Meninas, Sofro de Ataques de Panico e Ansiedade desde os meus 19 anos. Neste momento ja vao fazer 12 anos sobre este mal. Estou a ser seguida por...
ola, alguem sabe o que significa Num ECG onde refere Anormal "BORDERLINE " Obrigada
Olá, bom dia! Tirei a carta de condução fez ontem 1 semana. Entretanto conduzi ontem o carro da minha mãe pela segunda vez. Um carro a gasolina. O...
Boa tarde meninas.. Preciso da vossa opinião. Depois de muito refletir, decidi que esta na altura de procurar ajuda.. Para além da falta de animo,...
...