Vai uma rapidinha? Apimentem a relação!

Rapidinha em cima da mesa

Não existe nada como uma rapidinha para apimentar a relação de um casal. Mas mesmo para uma rapidinha é necessário algum empenho e trabalho. Se pensarem que o sexo tem de surgir apenas naturalmente estão enganados!, pois… até para o sexo é necessário haver trabalho. Contudo saibam que existem formas de se tornarem num casal mais “sexual”: desejando mais sexo, mais vezes. As rapidinhas num casamento devem ser levadas a sério, pois são um poderoso afrodisíaco da vida sexual do casal. Está comprovado que quanto mais se pensa em sexo, mais sexo se deseja. Por isso, tenham em mente que não é a obrigação de nenhum em particular para ter a iniciativa ou dar cor à relação, é como tudo no casamento: responsabilidade conjunta. Ficam aqui algumas dicas para estimularem a vossa vida sexual rapidamente!

Lembrem-se do passado

Uma rapidinha pode ser um reviver do passado, poderão ir buscar aquela sensação de quando não tinham um quarto para estarem à vontade, e por vezes lá tinha de ser algo rápido e às escondidas - mas sempre com 2 corações a correrem a 100 à hora. A excitação misturada com a adrenalina leva a momentos certamente muito aventureiros. Recordarem-se desses momentos antes de decidirem dar uma rapidinha, agora talvez já na cama, ou não… com ou sem grande stress, é contudo um bom preparativo para um momento ainda mais extasiante e para uma vida sexual mais activa.

Usem lubrificante

Para a mulher a excitação não acontece tão rápido como no homem, por isso numa rapidinha, à partida, a vagina não estará tão lubrificada como estaria com uma grande dose de preliminares. Usar lubrificante pode ser uma óptima solução. Utilizar saliva é uma óptima opção natural; utilizar um lubrificante à base de água também é boa ideia.

Misturem uma rapidinha com sexo mais prolongado

Começar com uma rapidinha pode ser uma óptima opção. E porquê? Porque para além de deixar o homem com menos urgência, deixa-o mais relaxado e mais disponível para os preliminares seguintes antes de uma segunda ronda. Adicionalmente o sexo rápido tem uma componente muito física o que também pode ser muito escaldante para a mulher, afinal o homem só de olhar para ela já está pronto para… vos manter unidos como o casal que são.

Experimentem em locais mais inusuais

Dar uma rapidinha tem a vantagem de se fazer sexo sem grandes preliminares e de algo puramente físico e rápido. Isto pode ser óptimo para se aventurarem num passeio à tarde no jardim, no banco do carro na garagem, enquanto cozinham…enfim, noutros locais que não seja propriamente a cama. Ter sexo em locais pouco comuns com um sentido de perigo pode ser hot, hot, hot para a relação. Poderão até experimentar novas posições e formas diferentes de estimulação. Porém, a vida sexual não pode ser apenas composta por sexo rápido, aqui a ideia não é de todo essa! Uma boa vida sexual balanceia uma variedade de tipo de sexo, que satisfaçam física e emocionalmente ambas as partes.

Brinquem

O sexo deve ser algo que faça ambas as partes sentirem-se apreciadas e sexys. Brinquem um com o outro, física e psicologicamente, estimulem a vossa libido através da mente mas nunca deixem de ser físicos. Deixem sempre a vossa libido em banho-maria para que a qualquer momento a possam colocar a ferver rapidamente. Mandem mensagens sexys um ao outro, antecipem as sessões sexuais começando a provocação algum tempo antes.

Esqueçam a espontaneidade

Esqueçam a espontaneidade, isso é mais mito que realidade, em vez de dependerem da espontaneidade dependam da previsibilidade: saber o que aí vem e como o provocar deve ser o vosso desejo. Façam sessões de: apenas mãos hoje, apenas línguas hoje, apenas peito hoje, apenas nádegas hoje etc., esta é uma óptima forma de descobrirem partes do corpo e apreciá-las de forma sensual, em vez de se concentrarem num todo que acaba por ser sempre o mesmo, não descobrindo novos locais de prazer. Depois destas sessões guardem as sensações vividas durante a mesma e depois usem essas sensações como preliminares de outras ocasiões.

Aproveitem o momento

Fazer sexo não tem de acontecer apenas quando tudo está perfeito ou só quando tudo é espontâneo, desta forma dificilmente conseguirão uma sessão por ano. Em vez de gastarem energia a prepararem tudo na perfeição apenas um dia por mês, saibam que por muito que tentem não se acorda deitado ao lado de uma Adriana Lima ou de um Brad Pitt. Deixem brotar o animal que existe em vocês e entreguem-se a ele de braços abertos - quer dizer entreguem-se um ao outro! Sexo nem sempre significa velas, lingerie sexy, depilação feita; significa também sexo animalesco no seu pico. Sexo por vezes é uma t-shirt vestida, os sapatos calçados e as calças a meio das pernas e enfim nada de bonitinho… apenas sexo puramente “adolescente”. Deixem-se entregar à paixão momentânea e deixem o sangue subir aos vossos rostos e não só.

Não se foquem no orgasmo

Quanto mais sexo (incluindo rapidinhas) praticarem, mais elevada será a libido de ambos; e quanto maior a libido, mais orgasmos, pois mais – particularmente a mulher – orgásticos se tornarão. Mas, esperarem um orgasmo sempre que se tocarem é simplesmente irrealista. A ideia não deve ser o orgasmo, devem sim manter a vossa mente sexual sempre a funcionar, sempre em banho-maria para que o orgasmo surja com mais facilidade. Todavia, nada como optarem por posições estimulantes para que o grande O não seja impossível, mesmo com sexo rápido.

Aprendam com os filmes

Vejam os casos amorosos escaldantes dos filmes e recreiem-nos. Experimentem essencialmente imitar os filmes onde existe um caso extraconjugal. Usualmente o sexo neste tipo de cenário é um sexo muito excitante; incluam estas cenas na vossa vida - mas de forma positiva: um com o outro! De vez em quando dêem asas à fantasia que são um casal numa relação extraconjugal, enviem mensagens para combinarem encontrar-se ao final da tarde para uma rapidinha, enfim, vão buscar ideias a Hollywood…

Escolham o momento certo

Descubram a que horas do dia é que se sentem mais excitados, e tentem agir – se possível – nestas horas. Se não houver compatibilidade e, por exemplo, um gosta de sexo à noite outro à tarde, então experimentem um bom acordar sensual. Para além disto vão dando rotatividade à vossa vida sexual, aproveitando a hora sexy de cada um. Saibam que os níveis de testosterona são mais altos pela manhã por isso é a melhor altura do dia para um momento escaldante. Usualmente, a maioria das mulheres, antes e logo depois do período, sentem-se mais excitadas sendo muito mais fácil de atingirem o orgasmo, outras é cerca de 14 dias depois do 1º dia do período – ocasião da ovulação.

Média: 4.4 (49 votos)