Top 10 destinos de férias Lonely Planet | A Nossa Vida

Top 10 destinos de férias Lonely Planet

Um novo ano traz para muitos um novo destino de férias. A pensar em todos aqueles que já não pensam noutra coisa, o prestigiado especialista em viagens Lonely Planet apresentou a sua lista anual dos top destinos de férias. Quer queiram embarcar numa das aventuras aqui sugeridas ou utilizá-las como inspiração para as vossas próximas férias, podem começar já a sonhar!
Bay of Fires, Tasmânia

Caracterizada por praias paradisíacas de areia branca e fina, águas azuis e cristalinas, e pedras de granito gigantescas em tons alaranjados, este cantinho (cerca de 29km) da Tasmânia continua por explorar, ou seja, se não gostam de turismo de massas, este é o local perfeito para vocês. Pequena, tranquila e refrescante, esta baía, com as suas cabanas modernas para alugar, é um convite para casais românticos.
País Basco, França e Espanha

Descrito como um cocktail de sol, diversão, cultura e beleza natural, esta região europeia é perfeita para ser deliciada a dois. Percam-se nas ruas movimentadas e sempre cheias de vida, deslumbrem-se com as paisagens da costa Basca, descubram as pequenas aldeias piscatórias e a cidade lindíssima de San Sebastián, saboreiem a sua gastronomia única e, claro, paragem obrigatória: o magnífico e futurístico Museu Guggenheim.
Chiloé, Chile

Arquipélago chileno pouco conhecido, arrisca-se a tornar-se num dos destinos aventura mais procurados. Às suas antigas tradições, lendas mitológicas, monumentos e agro-turismo, juntam-se detalhes tão modernos como o seu Museu de Arte Moderna, o Hotel Unicornio Azul ou a Hosteria de Castro Hotel SPA. A companhia da natureza é uma constante, com grande destaque para o seu Parque Nacional – onde encontrarão florestas praticamente intocadas pelo homem – e a colónia de pinguins em Puñihuil. Umas férias passadas preferencialmente ao ar livre.
Koh Tao, Tailândia

Num cenário que se assemelha muito à série “Lost” que apaixonou milhões, Koh Tao é realmente apaixonante. Rodeado de montanhas agrestes e de uma fauna e flora surpreendentes, é equilibrado pelas praias fantásticas e corais pintados de cores néon, onde se nada lado a lado com inúmeras espécies da vida marítima. Se não se cansarem entretanto, ainda bem, a vida nocturna dura sempre até de madrugada. Depois é descansar num dos muitos bungalows situados mesmo em cima da praia.
Languedoc, França

Ofuscada em tempos por Provence e Côte d’Azur, a província de Languedoc é hoje outra pérola do sul de França, procurada pela sua beleza, tranquilidade e, claro, elegância francesa. Com muito para ver, ouvir e saborear, terão como pontos de visita obrigatórios a capital da região, Montpellier, bem como Carcassonne e as pitorescas vilas de Nîmes e Haut-Languedoc. Uma oportunidade para se perderem na história francesa, entrarem em monumentos, solares, castelos e igrejas deslumbrantes, apreciar uma paisagem que mistura, na perfeição, campo e mar. Não se esqueçam de desfrutar do bom vinho francês, a famosa pastelaria e baguettes quentinhas!
Nam Ha, Laos

Apesar de este ser um dos destinos turísticos mais improváveis do mundo, dizem ser uma experiência cultural única. Desde poder ficarem hospedados em casas de famílias locais (ou então na estalagem de ecoturismo The Boat Landing), à exploração de verdadeiras selvas, compostas por montanhas que arranham o céu, extensas planícies, quedas de água cristalina, uma fauna e flora de outro mundo. Para preservar a natureza – que se encontra no seu estado puro – as caminhadas são organizadas para pequenos grupos apenas, sendo os próprios habitantes dos cerca de 30 grupos étnicos existentes em Nam Há, os guias turísticos. Não existe, certamente, viagem mais personalizada e mais fiel às suas raízes e tradições.
The Big Island, Havai

Embora ostentando um “grande” nome, The Big Island é, curiosamente, a mais pequena das ilhas Havaianas. Um paraíso tropical de águas quentes, areia branca, verde e preta (ou seja, para todos os gostos!) e ainda vários vulcões em actividade. Ao contrário das outras ilhas, esta é mais sossegada e mais económica… ainda bem, não vão querer perder o Kona Village Resort por nada neste mundo. Bónus: à noite, a observação de estrelas parece algo tirado de um filme! Estamos a falar de uma verdadeira escapadela romântica…
San Andres e Providencia, Colômbia

Diz-se que as ilhas de San Andres e Providencia são o yin e o yang da Colômbia. Enquanto a primeira é muito mais movimentada em termos turísticos e muito voltada para as actividades aventura (bicicletas de água, passeios de submarino, pesca desportiva…) e em contacto próximo com a natureza; a segunda é bastante mais pequena e sossegada, oferecendo paisagens tranquilas e sumptuosas, bem como uma hospitalidade fora de série. O equilíbrio perfeito para um casal que aprecie ambos os cenários.
Svalbard, Noruega

Para aqueles viajantes que não têm medo do frio, este cool spot é para vocês. Branco e glacial, situado a apenas mil quilómetros do Pólo Norte, Svalbard é um convite a passeios de barco verdadeiramente polares, tendo como companhia a neve e o gelo, enquanto se navega à procura de baleias, morsas e renas. Em terra, a aventura continua a bordo das motos de neve ou dos trenós puxados por equipas de lindos huskies. No único ponto da Europa onde é possível avistar ursos polares, temos apenas um conselho: agasalhem-se!
Yunnan, China

Um dos locais asiáticos mais in do próximo ano, Yunnan é o ponto de partida para explorar várias vilas típicas, nomeadamente o triângulo turístico composto por Dali, Lijiang (pernoitar aqui no Banyan Tree Lijiang Resort será um momento inesquecível) e Zhongdian. Percam-se em viagens panorâmicas, pintadas pelas cores exuberantes dos mercados e povos locais, pela tradição e fé de templos divinos, pelo verde luxuoso das suas selvas e um pôr-do-sol como nunca viram. Esta pode bem ser a aventura das vossas vidas.

Leia também...