Dicas para conseguirem pagar as contas a tempo

Extracto de contas

Pagar as contas a tempo é essencial para manter um bom controlo do dinheiro e uma vida estável. Pagar as contas nunca deve ser ignorado ou negligenciado, pois pode tornar-se numa bola de neve de problemas que mais tarde deixam de ter solução. Existem alguns passos que vos poderão ajudar a pagar as contas a tempo:

  1. Façam uma lista das contas correntes que têm de pagar. Peguem num caderno ou abram uma folha de Excel no computador e coloquem todas as contas que têm de pagar: água, luz, cartão de crédito, etc. A lista pode ter uma ou várias colunas de acordo com o tipo de pagamento que têm de fazer: semanal, mensal, trimestral... esta lista será uma óptima forma de organizar os pagamentos não só no papel mas também mentalmente.
  2. Paguem as contas logo que as recebam. Logo que recebam as contas para pagar, paguem-nas o mais rápido possível. Se pagarem as contas de imediato não vão ficar preocupados com o facto de ainda não as terem pago.
  3. Façam tudo automaticamente. De preferência abram uma conta bancária específica para pagamentos e planeiem as transferências para serem feitas automaticamente. Mensalmente, logo depois de receberem os ordenados façam uma transferência automática da vossa conta ordenado para a vossa conta de pagamentos. Isto implica - para além de pouparem o trabalho de pagar as contas - que antes de começarem a gastar o dinheiro noutros itens liquidem as vossas dívidas. Mesmo que o pagamento só tenha de ser feito no final do mês, já ficarão descansados com o pagamento.
  4. Lembrem-se que pagar está sempre em primeiro. O vosso dinheiro deve de ser prioritariamente usado para pagarem as contas, com excepção da comida. Logo que recebam os ordenados eles deverão servir para pagar as contas e não para pagar outras coisas. Pagar uma conta mais cedo nada custa, no entanto pagá-la mais tarde já pode ter implicações negativas como multas ou juros demora. Logo no início do mês coloquem de parte o dinheiro suficiente para pagar as contas, se não fizerem isto automaticamente no banco, então façam-no em casa.
  5. Num calendário marquem as datas do pagamento das contas. Façam isto logo que as contas cheguem à caixa de correio, isto ajudará a manter uma ideia realista de onde e para onde vai o dinheiro. Num calendário que pode ser feito no computador, no telemóvel ou mesmo em papel, coloquem as datas de pagamento das contas, não no último dia, mas no dia seguinte em que chegam as contas! Nunca deixem para amanhã o que podem fazer hoje e isto aplica-se ao pagamento das contas. Antes que vocês dêem por isso, isto tornar-se-á um hábito saudável e funcional.
  6. Mantenham um ficheiro com as contas, organizado. Comprem material como capas, separadores, e aprendam a colocar tudo no local correcto. Dividam em: contas pagas e contas por pagar. Especialmente as contas por pagar: organizem-nas de acordo com a data, e sempre que as pagarem coloquem-nas na pasta das contas pagas. Nunca deitem fora os recibos dos pagamentos pois são essenciais e devem ser guardados pelo prazo mínimo de 5 anos. Coloquem as contas por pagar num local visível, de preferência logo que entrem ou saiam de casa, para que não se esqueçam da tarefa. Assinalem a data de pagamento de cada uma para que não se esqueçam ou confundam o pagamento.
  7. Paguem primeiro as contas que implicam juros de mora. Isto é básico, contas como a do cartão de crédito, ou contas que impliquem multas são prioritárias. Sempre que tiverem de pagar juros de mora, estão literalmente a atirar dinheiro pela janela fora.
Média: 4.7 (6 votos)