Como saber se o seu cão está doente

Os cães, à semelhança de todos os animais, adoecem ocasionalmente e é conveniente que quem cuida deles consiga identificar os sinais de que algo possa não estar bem. Aprenda a saber se o seu cão está doente e ofereça-lhe as melhores condições de saúde.

Perda de apetite

Quase todos os cães têm normalmente bastante apetite. É raro um cão recusar uma dose extra da sua gulodice preferida e quando isso acontece há que desconfiar.

Se o seu cão começa a deixar restos de comer na tigela, e não demonstra interesse pelos alimentos que dantes o deixavam entusiasmado, você deve prestar atenção pois é bem capaz que o animal esteja doente. Se a situação se repetir por dois ou três dias consecutivos não hesite e leve o seu cão ao veterinário.

Falta de alegria

Um cão saudável é por norma brincalhão, divertido e um excelente companheiro para passeios e jogos ao ar livre.

Se o seu cão parece ter perdido a felicidade de viver que sempre o caracterizou, se se recusa a participar nas brincadeiras com as crianças, se deixa de querer correr atrás da bola ou do gato da vizinha, esses são sinais de que pode não estar bem de saúde. Vigie-o cuidadosamente e caso os sintomas persistam peça ajuda especializada. Algumas doenças nos animais manifestam-se inicialmente por tristeza, não facilite.

Prostração

Pior do que um cão sem apetite e triste é quando o animal fica prostrado. O seu cão permanece deitado durante horas sem reagir à voz dos donos e sem se importar com o que o rodeia? Leve-o de imediato ao veterinário pois certamente ele deverá estar doente.

Não podemos esquecer que os cães não falam e não se conseguem manifestar percetivelmente aquilo que sentem. A prostração nos cães é muito mau sinal, pode equivaler a febre, dores ou tonturas entre muitos outros sintomas preocupantes. Só um veterinário saberá diagnosticar e medicar devidamente o problema do seu animal.

Sangue na urina ou fezes

Outro dos sinais de alarme é a presença de sangue na urina ou nas fezes do cão. Um animal saudável não apresenta indícios de perda de sangue e se isso acontecer ele poderá estar com algum problema de saúde. Nessas situações é preciso observar se os sintomas persistem, e em caso afirmativo convém não aguardar muito até levar o cão ao veterinário.

Queda anormal do pelo

Todos os cães perdem pelo diariamente e isso não constitui por si só um fator preocupante. Mas é bom estar atento caso o seu cão comece a perder pelo de forma anormal.

Grandes quantidades de pelo caído podem evidenciar uma doença, alergia ou qualquer outro problema de pele. Tenha sempre em atenção que algumas doenças dos cães são transmissíveis aos humanos, e por isso observe regras de higiene quando interage com o seu animal, principalmente em casos de suspeição de doença.

Perturbações no equilíbrio

Se notar que o cão apresenta dificuldade em sentar ou uma forma de andar desequilibrada, aparentando dificuldades em manter a marcha a direito e chegando mesmo a cair em consequência da instabilidade com que se movimenta, não hesite. Dirija-se de imediato a um médico especializado.

Desequilíbrio na marcha poderá ser um sintoma de uma doença do foro neurológico, ou alguma enfermidade a nível da visão do seu animal. Seja o que for são sinais reveladores de que o animal está em sofrimento, e muito provavelmente não irá melhorar sem ajuda exterior.

Agressividade súbita

O seu cão sempre foi meigo, sociável e de repente começou a registar episódios de agressividade? Nota que ele se tornou bravo, quase feroz e descontrolado quando essas não eram características da sua personalidade até então? Podem ser sinais de que o animal está a ser maltratado, e convém que você esteja atento às pessoas que interagem com o cão, e à forma como o alimentam, levam a passear e cuidam da sua higiene e habitáculo. Mas a mudança brusca de comportamento também pode ser provocada por alguma patologia que convém esclarecer.

Sabia que nalgumas raças de cães, principalmente na velhice, a perda de faro pode induzir à agressividade até para com os próprios donos? Não fique de braços cruzados enquanto o seu outrora meigo cão se transforma numa quase fera. Procure informação e ajuda.

Os comportamentos e os sinais reveladores de que algum problema de saúde pode estar a afetar os cães são tão variáveis que se torna quase infinito enumerá-los em lista. Mas deve manter uma coisa em mente: a ajuda médica é insubstituível e indispensável para manter a saúde dos animais de companhia.

Devido à forma intensiva como os cães interagem com os humanos, e também porque os estimamos e queremos o seu bem-estar, é necessário não negligenciar qualquer indico de problemas. Despistar, diagnosticar e tratar são as palavras de ordem no que diz respeito às doenças dos cães, e cabe aos seus donos fazer tudo o que está ao seu alcance para que se cumpram devidamente.

Média: 5 (1 votos)

Artigos relacionados

Uma noite bem dormida faz maravilhas, já uma noite mal dormida pode causar uma série de problemas! Isto porque é durante o sono que o corpo faz...
Boa noite a todos. Venho pedir a quem possa/queira adoptar um cão o faça a um destes 80 animais... Trata-se duma situação deveras complicada... O...
Olá Sendo este um espaço dedicado aos nossos queridos animais de estimação, gostaria que partilhassem algumas dicas de como educar cães, uma vez que...
Fico revoltada com estas situações!!!!Havia uma cadela que andava na rua aqui na zona (não é bem na minha zona mas na zona onde faço a caminhada...
É assim o meu noivo tem 1paixão por Iguanas adora mesmo e já teve 3 mas todas morreram ele chorou imenso e sei k era a melhor coisa k lhe poderia...