5 perguntas a fazer quando o animal de estimação for ao veterinário | A Nossa Vida

5 perguntas a fazer quando o animal de estimação for ao veterinário

Quer seja uma consulta de rotina ou de emergência, quer estejam a conhecer o veterinário pela primeira vez, independentemente do animal de estimação que tiverem, estas são as 5 perguntas que devem colocar ao veterinário sempre que estiverem no seu consultório. Se tiverem mais alguma dúvida(s) que queiram esclarecer junto do veterinário, apontem tudo numa folha para assegurar que obtêm as respostas que procuram.

1. O peso/altura/cumprimento/desenvolvimento do nosso animal de estimação é normal para a sua idade?

Independentemente do tipo de consulta que os levou ao veterinário, aproveitem sempre para pesar e medir o vosso animal de estimação – é uma boa forma de assegurarem que ele está a crescer e a desenvolver a um ritmo normal, bem como despistar eventuais anormalidades.

2. Qual é a melhor alimentação para o nosso animal de estimação?

A dieta alimentar de um animal de estimação pode variar muito, dependendo de uma vasta gama de fatores como: idade, altura, peso, estado de saúde geral, raça, nível de atividade, problemas de saúde pré-existentes, entre outros. Por isso mesmo, aproveitem qualquer consulta no veterinário para também fazer um “check-up” à sua alimentação: deve ser alterada, as quantidades reduzidas ou aumentadas, os horários das refeições modificadas…? Se o vosso animal de estimação estiver doente, não se esqueçam de questionar o veterinário sobre os melhores alimentos para consumir durante esta fase e com que duração.

3. Com este animal de estimação, a que tipo de sintomas/problemas devemos estar mais atentos?

Com tantas raças e espécies distintas, animais de estimação diferentes requerem tratamentos diferentes. Por isso mesmo, devem questionar sempre ao veterinário se determinado comportamento do vosso animal de estimação é normal ou não; se ele sofre de alguma patologia ou alergia, a que sintomas/problemas devem estar mais atentos e o que devem fazer no caso de verificarem algum desses sinais. Se o vosso animal de estimação estiver doente, perguntem quando é que podem esperar ver melhorias, o que fazer se isso não acontecer ou, se o animal piorar, quais os efeitos secundários da medicação que vai tomar. Um dono bem preparado é um apoio precioso para um animal de estimação doente.

4. O nosso animal de estimação vai precisar de alguma vacina e/ou medicamento?

Consultem sempre o vosso veterinário acerca das vacinas e/ou tratamentos preventivos que o vosso animal de estimação deve tomar e, se sim, em que alturas do ano deve fazê-los, para assegurar o seu bem-estar e saúde plena. No caso do vosso animal de estimação necessitar de tomar algum medicamento porque está doente, certifiquem-se das doses, dos horários da toma e da duração do tratamento, sabendo também quais os possíveis efeitos secundários desse medicamento.

5. Quando é que devemos voltar a marcar uma consulta para o nosso animal de estimação?

No final da consulta, perguntem sempre quando é que devem voltar a trazer o vosso animal de estimação para ser visto pelo veterinário. Se o animal estiver doente, pode ser necessário reavaliá-lo dentro de alguns dias ou semanas; se se tratar de uma consulta de rotina anual, o mais certo é apenas voltarem a ver-se daqui por um ano (a não ser que surja alguma emergência entretanto). Aproveitam o facto de estarem no consultório do veterinário para marcarem já a consulta seguinte. Mais vale prevenir…

Leia também...