5 indicadores que está a dar comida de qualidade ao seu animal | A Nossa Vida

5 indicadores que está a dar comida de qualidade ao seu animal

Todos os animais de estimação merecem que a sua dieta seja a mais nutritiva e saudável possível. Eles precisam de ser alimentados com rações de qualidade para que cresçam e se desenvolvam de uma forma forte e equilibrada. Saiba se está cuidar da alimentação do seu melhor amigo de quatro patas ao observar os 5 indicadores seguintes:

1. A quantidade de ração diária

A quantidade de ração diária é um dos indicadores principais que lhe mostram se está a dar comida de qualidade ao seu animal. Por norma, o animal de estimação come poucas vezes ao longo do dia para se sentir saciado e é isso que acontece quando lhe dá uma ração de qualidade superior, como por exemplo uma ração premium. Esta é, geralmente, mais cara do que as demais e só se encontra nas clínicas veterinárias ou nas lojas especializadas de animais. Porém, se o animal tiver a necessidade de comer muito e várias vezes ao dia para conseguir a mesma equivalência energética e para se sentir mais saciado, isso sinónimo de que lhe está a dar uma ração que tem menos qualidade nutritiva, daquelas que, habitualmente, se encontram nos supermercados.

2. O apetite do animal

Muitas vezes, os animais fazem autênticas “greves de fome” porque se fartam das rações pouco nutritivas que os donos lhes oferecem. Por norma, este tipo de alimentação não satisfaz as necessidades calóricas dos animais, o que faz com que eles percam o apetite e deixem de comer. Por outro lado, quando o animal gosta do que está a comer - a ração premium é, por regra, a sua favorita -, ele alimenta-se bem e sente-se completo com a sua dieta.
Também é de realçar que uma ração mais económica nem sempre é a opção mais viável para o paladar do seu animal e para a sua carteira. Por vezes, é necessário adquirir dois ou mais sacos de ração baratos para substituir ou equivaler a um saco de ração premium, o que aumenta consideravelmente os custos quando se faz uma comparação direta de preços.

3. O aspeto do pelo e da pele do bichano

O aspeto do pelo e da pele do animal são determinantes da sua boa forma física e boa alimentação. Quando um animal segue uma dieta rica e equilibrada, o seu pelo fica mais denso, suave e brilhante, o que contribui para um ótimo aspeto e uma excelente robustez física. Se for o contrário, isto é, se o animal tiver uma má nutrição, o seu pelo será baço e quebradiço, soltar-se-á com facilidade e a sua pele será descamada. Além disso, o animal poderá desenvolver pruridos (comichões) e a dermatites (inflamações da pele) se não for corretamente alimentado. Nestas situações, deverá procurar a ajuda de um médico veterinário, dado que é necessário a realização de uma investigação clínica específica.

4. O volume e o odor das fezes

O volume e o odor das fezes de um animal mostram se o que ele está a ingerir está ou não a ser digerido e aproveitado pelo organismo. O bom trânsito intestinal de um pet obriga a que ele faça as suas necessidades todos os dias, no entanto, a quantidade fecal e até mesmo o seu odor são sinais de alerta em relação à pobreza/riqueza da qualidade da sua alimentação. Se houver uma quantidade e um odor em excesso, é sinal que o que ele está a comer tem pouca qualidade nutricional e é-lhe muito prejudicial.

5. A ausência de problemas de saúde

Quando um animal se alimenta corretamente, isto é, quando tem uma dieta equilibrada e nutritiva, é natural que ele viva mais tempo, mais feliz e sem qualquer tipo de problema de saúde. No entanto, quando está a ingerir más rações alimentares, podem surgir muitos problemas de saúde, como por exemplo infeções urinárias, gastroenterites, problemas articulares, de pele e até mesmo obesidade.

Cabe a cada um, especialmente a quem cuida de animais, olhar pela saúde dos seus amigos de quatro patas. A alimentação de qualidade é uma necessidade para todos os pets e, como tal, é fundamental que os donos invistam nas melhores rações que existem no mercado. Só assim é que os animais conseguirão uma maior felicidade e esperança média de vida.

Leia também...