12 dicas de alimentação para os gatos

Alimentação dos gatos

Os gatos passam grande parte do dia a petiscar e, por isso mesmo, a alimentação é uma vertente muito importante no que toca a garantir a saúde e o bem-estar de um felino. Informem-se e assegurem a melhor alimentação possível para o vosso gato.

  1. Em termos de “refeições principais”, quantas vezes por dia deve comer um gato? Gatos com 1 a 6 meses de vida devem comer 4 vezes por dia; gatos com idades entre os 6 e os 9 meses devem comer 3 vezes por dia; a partir de 1 ano de vida, os gatos necessitam de comer apenas 1 ou 2 vezes por dia.
  2. Como os gatos fazem inúmeras refeições por dia, recomenda-se que o seu comedouro tenha sempre alguma ração seca para irem “petiscando”: altamente nutritiva, esta não se estraga, nem emite odores desagradáveis. Evitem, porém, encher o comedouro.
  3. A alimentação de um gato deve ser adequada à sua idade, por isso, antes de comprarem ração e/ou comida enlatada, certifiquem-se disso, lendo atentamente o rótulo.
  4. Os gatos não devem fazer a mesma alimentação que os seus donos porque, para além de ingerirem alimentos muito temperados (e que acabam por ser viciantes para os gatos), esse tipo de alimentação pode causar desequilíbrios nutricionais no seu organismo, pondo em causa a sua saúde e bem-estar.
  5. Se possível, optem sempre por ração e/ou comida enlatada de gama premium, pois, uma alimentação para gatos de qualidade inferior vai deixá-los com fome, levando-os a comer mais… e a obesidade nos gatos é algo a evitar!
  6. Juntamente com a ração seca, os gatos devem comer comida enlatada, mas não só. Ocasionalmente, podem dar ao vosso gato outros alimentos como carne, peixe cozido ou grelhado.
  7. Uma guloseima – especificamente confecionada para gatos – é algo que se recomenda periodicamente… afinal de contas, o vosso gato merece!
  8. O peixe cru, os laticínios, os doces, a carne de porco, os enchidos, fiambre e queijo curado são alguns dos alimentos que um gato não deve comer.
  9. A água é também crucial para a dieta de qualquer gato, uma vez que não só auxilia na ingestão da sua comida – principalmente a ração seca – como ajuda-os a manterem-se hidratados e saudáveis, evitando ainda o engasgamento devido à constante formação de Egagrópilos (as bolinhas de pelo que os felinos formam na garganta). O bebedouro deve estar sempre cheio e recomenda-se que a água seja substituída 2 vezes por dia.
  10. Os gatos também adoram ossos, mas estes devem ser apenas uma guloseima ocasional e, enquanto donos, devem optar sempre por ossos de vaca/vitela em detrimento dos ossos de porco e de galinha porque estes, sendo mais frágeis, soltam lascas que podem engasgar os gatos.
  11. Por vezes, os gatos deixam de comer e isso pode indicar que estes estejam “enjoados” da sua comida e a necessitar de algo novo. Nestes casos, deve proceder-se à alteração dos alimentos – seja de tipo, seja de marca. Porém, este tipo de alterações não devem ser frequentes, pois, como os gatos têm intestinos e um sistema digestivo bastante sensíveis, podem ressentir-se negativamente.
  12. Quando em dúvida sobre qualquer assunto relacionado com a alimentação do vosso gato, consultem um veterinário!
Média: 4.4 (225 votos)

Artigos relacionados

Mimarem o vosso gato é normal e muito apreciado, quer pela vossa pequena bola de pelo, quer por vocês quando este retribui os mimos… porém, evitem...
Se há animal de estimação que adora comer, são os gatos! Uma atividade que repartem com as sonecas e a preguiça em geral, os gatos adoram ter...
Olá a todos! Meu gatinho vai fazer 7 meses, é um gato de interior, e já foi castrado este mês. Nunca tinha tido um gato antes por isso não entendo...
muito bom dia eu nunca tive gatos e gostaria de saber como é ter um gato em casa, se é muito diferente de um cao. que tipo de comportamentos eles tem...
Olá miguinhos. ...venho fazer uma questão a quem tem gatos ou já teve ou mesmo quem tenha conhecimentos sobre estes docinhos. .. É o seguinte: qual a...