10 alimentos de pessoas para cães

Como donos e amantes de cães, saberão que demasiada comida de pessoas pode fazer mal a um cão, e até provocar problemas de saúde, como alguns alimentos que não devem comer. No entanto, existem algumas comidas ou alimentos que podem ser dados a cães de forma segura, sendo até incluídos na alimentação deles. Qualquer adição à refeição do cão não deve ultrapassar 25% das necessidades calóricas do animal. Para além da variedade proporcionada por estes 10 alimentos, são alimentos nutricionais.

  1. Iogurte. Esta é uma ótima fonte de cálcio e proteína. Ao selecionar um iogurte para o seu cão, opte por um sem açúcar e sem adoçantes, no fundo um natural, de preferência com probióticos. Iogurte gelado pode ser uma ótima guloseima para o seu animal na altura do verão.
  2. Sementes de linhaça. As sementes de linhaça são uma ótima fonte de ómega 3, sendo excelentes para um pelo saudável. Se vai dar sementes de linhaça ao seu animal de estimação deve de as moer logo antes de as misturar com a comida do seu cão – não as dê inteiras senão ele não vai absorver os nutrientes bons das sementes de linhaça, e se as moer com muito tempo de antecedência podem ficar rançosas. O óleo de linhaça é mais concentrado, mas sem a fibra, no entanto, é também uma boa opção.
  3. Salmão. Este peixe é rico em ómega 3, ácidos gordos essenciais ao suporte do sistema imunitário, sendo muito benéficos para a pele e pelagem do seu cão. Existem também algumas indicações que apontam para uma melhoria em cães com alergias. Pode dar salmão ou óleo de salmão ao seu animal. Se vai dar salmão ao seu cão, cozinhe-o primeiro, pois o salmão cru pode conter parasitas que podem adoecer o animal.
  4. Abóbora. A abóbora é uma excelente fonte de fibra e betacaroteno, e também uma fonte de vitamina A. Os cães necessitam de fibra na sua dieta. A tendência na alimentação mais recente são dietas ultra digestivas que diminuem o volume das fezes, o que não é necessariamente uma coisa boa. Manter o trato intestinal em bom funcionamento, faz com que as células do intestino se mantenham saudáveis.
  5. Batata-doce. Este é outro tipo de alimento rico em fibra, em vitamina B6, vitamina C, beta caroteno e magnésio. A batata-doce é ótima partida e desidratada para dar ao seu cão como algo para ele trincar, no fundo, uma guloseima boa para as gengivas do animal. Este tipo de opções mais saudáveis e mais baratas podem dar ainda mais saúde ao seu cão.
  6. Feijão-verde. Um alimento rico em vitamina K, fibra, vitamina C e magnésio. Para um cão que tenha tendência para engordar, substituir alguma da sua comida normal por feijão-verde, é uma forma de diminuir as calorias ingeridas, e manter uma boa saúde. Alguns cães gostam de feijão-verde congelado, experimente com o seu.
  7. Ovos. Os ovos são uma ótima fonte de proteína digestível, riboflavina e selénio. Para alguns cães que têm problemas de estômago, os ovos são ótimos para lhes dar alguma proteína digestível. Juntar ovos à alimentação do cão é uma opção saudável. Certifique-se que os ovos estão bem cozidos, pois ovos crus podem causar deficiência em biotina. Se fizer muito exercício com o seu cão, considere dar-lhe ovos cozidos como guloseima.
  8. Levedura de cerveja. A levedura de cerveja parece ser algo que os cães gostam. É repleta de vitamina B, ótima para uma boa pele e pelagem do animal. A levedura de cerveja dada, deve ser aquela que existe à venda nas lojas de produtos naturais. A levedura de cerveja pode aumentar o apetite do seu cão. Coloque um pouco sobre a comida dele e, se ele for esquisito a comer, verá que ele irá comer muito melhor a comida.
  9. Maçãs. Sim, as maçãs são uma ótima opção para dar ao seu cão. São crocantes e a sua pele é repleta de fito nutrientes, que são considerados protetores em relação a certos tipos de cancro nos humanos. As maçãs são fonte de vitamina A e C, e fibra. No entanto, as sementes das maçãs devem ser evitadas, pois contêm cianeto. Por isso, o seu cão não deve comer o caroço das mesmas. Embora o efeito de algumas sementes de maçãs não tenha grande relevância, o acumular, com o tempo, pode vir a ter.
  10. Aveia. A aveia é não só uma fonte excelente de fibra solúvel, como se torna muito benéfica para cães mais idosos, que tenham problemas em manter um bom trato intestinal. A aveia é uma ótima alternativa para cães alérgicos a trigo. Também traz muitos benefícios ao trato intestinal se for dada em conjunto com prbióticos. A aveia deve sempre ser dada cozida e sem açúcares ou adoçantes.

Como sempre, deve conversar com o veterinário do seu animal de estimação, antes de fazer qualquer tipo de mudança drástica na sua dieta, especialmente se for um animal que esteja a ser medicado. Ao perturbar o balanço das vitaminas e minerais, pode provocar efeitos negativos na saúde e bem-estar do seu cão. Uma boa nutrição, em conjunto com um bom programa de saúde, pode aumentar a esperança de vida em mais de 15%. Estas sugestões não pretendem substituir a alimentação equilibrada do seu animal; são apenas ideias para alternativas, para dar um pouco de variedade à alimentação do seu animal.

Média: 4.8 (61 votos)